Não há dúvidas de que o estresse é um problema que atinge a vida de inúmeras pessoas. Um estudo realizado pelo médico Gilberto Ururahy, presidente do Cômite de Saúde da Câmara Americana do Rio de Janeiro e especialista em medicina preventiva, mostrou que no último ano houve um aumento de quase 30% de depressão em relação ao ano anterior. A ansiedade passou a atingir 32% dos clientes contra 20% do ano anterior e a insônia, hoje, é relatada por 25% de homens e mulheres examinados por ele.

Segundo o Dr. Ururahy, o estresse é um mecanismo de adaptação do ser humano aos perigos em seu ambiente. E o estresse crônico, acumulado ao longo do tempo, acaba elevando os níveis dos hormônios cortisol e adrenalina, causando queda da imunidade, aumento de peso e de resistência à insulina, além de aumento da pressão arterial e arritmias cardíacas.

Como os efeitos do estresse são cumulativos, as doenças geradas por ele podem surgir meses depois da fonte de estresse ter se encerrado. Isso faz com que muitas pessoas não percebam o problema, tornando-se conscientes dele apenas quando adoecem.

Dessa forma, os benefícios de investir em ações para reduzir os níveis de estresse são muito importantes. Abaixo, elencamos algumas estratégias que podem ser benéficas para combater o estresse.

 

  1. Identifique as fontes de estresse na sua vida

A gestão do estresse começa com a identificação das suas fontes. Porém, isto não é tão fácil como parece, pois nem sempre elas são óbvias, além de ser muito fácil ignorar nossos próprios pensamentos, sentimentos e comportamentos indutores do estresse. Assim, fica o desafio de olharmos de perto nossos hábitos, atitudes e perceber se estamos usando de alguma desculpa para justificar o estresse.

 

  1. Verifique como você lida com o estresse

Infelizmente, muitas pessoas lidam com o estresse de uma forma que complica ainda mais o problema. Estas estratégias podem reduzir os sintomas temporariamente, mas causam mais danos do que benefícios a longo prazo:

- Fumar

- Beber álcool em excesso

- Comer em excesso ou comer muito pouco

- Permanecer muitas horas em frente à televisão ou computador

- Afastar-se dos amigos, família e atividades de lazer

- Dormir em excesso

- Usar medicação ou drogas para relaxar

- Procrastinação (adiar constantemente as tarefas que necessita realizar)

- Evitar a qualquer custo enfrentar os problemas

- Direcionar o seu estresse para os outros (explosões de raiva, violência física, critica exacerbada)

 

Formas saudáveis de lidar com o estresse

Há muitas maneiras saudáveis de gerir, prevenir e lidar com o estresse em nossa vida, mas todas elas necessitam mudança. Podemos mudar a situação ou mudar a nossa reação. Ao decidir qual a opção, é útil pensarmos nos 4 aspectos seguintes: evitar, alterar, adaptar e aceitar.

 

Estratégia nº 1:  Evitar o estresse desnecessário

Nem todo o estresse pode e deve ser evitado (não é saudável evitar uma situação que precisa de ser resolvida ou enfrentada). No entanto, é surpreendente a quantidade de preocupações que podemos eliminar da nossa vida.

 

Estratégia nº 2: Alterar a situação

Quando não pudermos evitar uma situação estressante, podemos tentar alterá-la. Descobrir o que podemos fazer para mudar as coisas ou mudar a maneira de nos comunicar ou agir pode ser a solução.

 

Estratégia nº 3: Adaptação ao problema

Se não conseguimos mudar a situação, podemos mudar a nós mesmos. Devemos nos colocar num estado de capacidade e relembrar que temos os recursos para lidar com o problema. Eliminar palavras como “sempre”, “nunca”, “deverá”, e “deve” é um primeiro passo. Estas são marcas de pensamentos negativos que podem nos atrapalhar.

 

Estratégia nº 4: Aceite as coisas que não pode mudar

Algumas fontes de estresse são inevitáveis. Nesses casos, a melhor maneira de lidar é aceitar as coisas como elas são. A aceitação pode ser difícil, mas a longo prazo é mais fácil do que protestar contra uma situação que não podemos mudar.

 

Estratégia nº 5: Arranje tempo para relaxar

Além de construir e assumir uma atitude positiva, a diversão e o relaxamento são situações que nos auxiliam muito. Quando temos, regularmente, tempo para relaxar e nos divertir, criamos uma barreira à grande maioria dos nossos problemas, além de ter mais ânimo para os enfrentar.

 

Estratégia nº 6: Adote um estilo de vida saudável

Podemos aumentar nossa resistência ao estresse quando “turbinamos” nossa saúde física. Exercícios físicos regulares, ter uma dieta saudável, reduzir a cafeína e o açúcar, evitar álcool e drogas e dormir o suficiente são ótimos exemplos que fazem muita diferença na nossa vida.