O termo "mindfulness", traduzido para o português como "atenção plena", nada mais é que uma prática que nos ensina a ficar completamente presentes no momento e conscientes do que estamos fazendo.

Quando acontece algo, no trabalho, que faz o estresse do dia transbordar, é um exemplo perfeito do momento que precisamos exercitar a atenção plena. Como não podemos congelar o que está acontecendo, colocar fones de ouvido e começar a ouvir uma playlist de canção de ninar, precisamos encontrar uma maneira de reduzir esse estresse.

Por isso, encontramos dicas para ajudar a acalmar a mente e retomar o foco. Vamos exemplificar alguns cenários muito comuns de um dia de trabalho aonde a prática da atenção plena faz muita diferença.

 

O dia amanheceu... e o estresse também

Pegar o celular logo ao acordar e mergulhar nas redes sociais pode ser uma maneira comum, mas não é saudável a longo prazo. Pesquisas mostram que liberamos a maioria dos hormônios de estresse 30-45 minutos depois de acordar.

Pensar no dia que temos pela frente desencadeia o nosso instinto de luta ou fuga e libera cortisol no nosso sangue. A única maneira de reduzirmos essa reação emocional é dando à nossa mente o espaço e o silêncio para processar as próximas 24 horas, ao invés de já encher a cabeça com redes sociais, conversas em aplicativos ou lendo e-mails.

Sendo assim, a dica é: quando acordar, desligue o alarme e deixe seu telefone na cabeceira. Passe alguns minutos na cama e simplesmente preste atenção na sua respiração. À medida que pensamentos sobre o dia surgirem na sua mente, deixe que eles passem e volte a se concentrar na sua respiração.

 

Como reduzir o estresse durante o trajeto para o trabalho

Muitas vezes, o caminho para o trabalho é longo e demorado e isso pode aumentar a ansiedade e até a pressão sanguínea devido a sensação de tempo perdido. Será que temos como reduzir o estresse nessas condições?

A atenção plena pode ajudar e tudo que precisamos fazer é desfrutar do silêncio absoluto. Pelos primeiros 5 ou 10 minutos do tempo no carro, desligue o rádio e concentre-se em como você se sente ao estar no carro em silêncio. Concentre sua atenção na experiência física de dirigir: a sua postura, o seu pé no acelerador, as mãos ao volante. Cada vez que você frear obedecendo aos sinais de trânsito ou parar no semáforo, pause e respire fundo.

Nikki Jankelowitz, co-fundadora da organização Centered Meditation, recomenda a respiração diafragmática. Coloque sua mão na barriga e respire profundamente, lentamente, sentindo seu diafragma subir e descer.

Se você usa o transporte público para ir para o trabalho, também pode incorporar a atenção plena no percurso para colocar em prática essas dicas.

 

Navegar na internet

A maioria de nós já usou a internet para fazer coisas não relacionadas ao trabalho na busca de nos livrar do tédio ou reduzir o estresse. Esse comportamento automático nos impede de estar presentes no momento e entender nossos sentimentos.

Para interromper esse comportamento, experimente uma extensão do Chrome chamada Momentum. Normalmente, quando você abre uma nova aba no navegador, aparece a barra de pesquisa do Google e dez dos seus sites visitados com mais frequência. O Momentum transforma essa nova aba em um painel pessoal para inspirar calma e foco. Tem uma foto nova e uma citação inspiradora todos os dias, e você acaba se deparando com a seguinte pergunta: “Qual é o seu foco principal hoje?” Essa simples pergunta permite que você se concentre em sua intenção para o dia, ao invés de fugir dos problemas.

 

Como reduzir o estresse no trabalho na hora das reuniões

É praticamente impossível ficar uma reunião inteira sem checar e-mail, conversas no chat ou pensar em alguma outra coisa. Pesquisas mostraram que 91% dos participantes de reuniões passam esse tempo sonhando acordados e 73% passam o tempo fazendo outras coisas.

Aqui estão as dicas para praticar a atenção plena nas suas reuniões:

- Quando alguém está falando, realmente escute essa pessoa e esteja plenamente presente na conversa. Faça contato visual e realmente absorva as palavras da pessoa antes de falar. Isso ajuda muito no gerenciamento do estresse no trabalho.

- Se você está conduzindo uma reunião, indique quais são as intenções dela antes de mergulhar nos assuntos.

- Passe os 5 minutos finais da reunião recapitulando o que foi discutido e definindo os próximos passos.

 

Hora de fazer um intervalo... ou vários

A pausa para o almoço, por exemplo, é uma ótima oportunidade para sair da mesa de trabalho e recuperar suas energias. Evite comer na sua mesa, na frente do computador ou no carro. Não tem como reduzir o estresse no trabalho se você não der uma arejada no ambiente. Encontre um lugar onde você possa se sentar confortavelmente e concentrar sua energia no almoço. Se você usar essa pausa da forma correta, pode ser um resumo de um dia ideal, uma mistura de prazer, alimentação e descanso.

Além disso, o almoço não deveria ser o único momento para você relaxar. Adicionar mais tempos de pausa, mesmo que rápidas, ao longo do dia pode te ajudar a se sentir mais calmo, mais energizado e menos distraído.

 

Tudo o que vimos aqui, sobre atenção plena, requer prática e não deve ser abandonado assim que saímos do trabalho no fim do dia. Precisamos aproveitar o tempo tranquilo em casa para afiar nossas habilidades de atenção plena também. É muito mais fácil estar presente no momento quando estamos livre de estresse do que quando estamos no meio de uma conversa tensa no trabalho com uma dose de estresse correndo nas veias.

 

 

Referências:

Como reduzir o estresse no trabalho (6 dicas poderosas). Disponível em: https://blog.trello.com/br/como-reduzir-estresse-trabalho?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=trello-br_newsletter Acesso em: 15/05/19.

10 formas de diminuir o estresse no trabalho. Disponível em: https://epocanegocios.globo.com/Carreira/noticia/2017/04/10-formas-de-diminuir-o-estresse-no-trabalho.html Acesso em: 15/05/19.